sábado, 21 de janeiro de 2012

YONI MASSAGEM R$150,00





video
 


A Yoni Massagem é um método excepcional para a cura da Anorgasmia (ausência de orgasmo), dificuldade em atingir o orgasmo, ausência ou baixa de libido, ausência, perda ou diminuição de sensibilidade clitoriana e vaginal e Vaginismo (contração involuntária dos músculos próximos à vagina, dificultando ou até impedindo a penetração pelo pênis na relação sexual, com presença de dor).

Na Yoni Massagem, o trabalho é focado, super dimensionado e intensificado na Vagina (Yoni). É importante frisar que estas manipulações genitais são técnicas que nada tem a ver com a masturbação, e sim com estímulos profundamente estudados e pesquisados, especificamente aplicados com o objetivo de aumentar o aspecto sensorial da região genital, proporcionando um tipo de prazer e estados alterados de percepção e consciência nunca experimentados nas manipulações usuais masturbatórias ou sexuais.

Neste nível, ocorrem descargas energéticas indescritíveis, revelando uma potencialidade orgástica impressionante e imaginável. Ocorrem orgasmos múltiplos, sem declínio do prazer

Com a Yoni Massagem, o ganho na qualidade do prazer é excepcional, muito além da experiência sexual que as mulheres em geral possuem através das manipulações usuais do clitóris e da vagina. Ocorre uma grande ruptura e mudança de paradigmas com relação ao prazer e com a forma de lidar com o corpo. O foco é a cuidadosa massagem de todo o órgão genital feminino, incluindo a virilha, a vulva, os lábios internos e externos (também conhecidos como 'pequenos' e 'grandes' lábios), o clitóris e, internamente, o Ponto G no canal da vagina (G-Spot, a Glândula de Grafenberg), permitindo o desfrute de diferentes formas de prazer, cumulativas e progressivas.

Ocorre então uma alteração substancial na estrutura sensorial do clitóris, que modifica significativamente situações ligadas ao prazer e ao orgasmo contínuo. A mulher vai aos poucos se abrindo e se entregando com confiança, ultrapassando e eliminando medos, culpas e repressões e passa a experimentar orgasmos perenes e de vale (orgasmos que emendam um ao outro, sem queda do clímax). Muito freqüentemente, a mulher também descobre seu potencial ejaculatório, também acompanhado de intenso prazer.

Um comentário: